Após gol e assistência contra ex-time, Jadson diz amar Corinthians

Jadson aproveitou bem a sua primeira chance de enfrentar o São Paulo. Impedido de atuar em Majestosos por acordo entre o Corinthians e o rival no ano passado, o meia deu uma assistência e fez um gol na vitória por 2 a 0 desta quarta-feira, e saiu de Itaquera declarando amor à equipe que está defendendo.

O carinho foi demonstrado pelo camisa 10 após ouvir sobre uma proposta milionária que pode chegar do futebol chinês. “Já é a segunda vez que querem me tirar do Corinthians, mas não estou sabendo de nada. Vou continuar no Corinthians. Amo muito jogar aqui neste clube, que aprendi a gostar”, ressaltou.

Nem rever o clube que abriu mão de seu futebol deu ânimo, segundo o jogador. “A minha motivação é jogar no Corinthians, entrar nesse estádio e ver esses torcedores que sempre nos ajudaram. Isso que é importante. Nós, jogadores, representamos 30 milhões de torcedores. Temos que entrar e dar o nosso melhor”, ensinou.

Fernando Dantas/Gazeta Press

Jadson enfrentou o São Paulo pela primeira vez pelo Corinthians e foi decisivo em Itaquera

A atuação no primeiro jogo do time na fase de grupos da Libertadores é uma prova de superação de Jadson também dentro do Corinthians. O meia só virou titular porque Tite foi convencido pela diretoria a aceitar a venda do atacante uruguaio Lodeiro para o argentino Boca Juniors.

“Em toda a minha carreira, nunca fui de fazer biquinho para ninguém. Sempre tive os pés no chão, respeitando a todos. Por isso, Deus me abençoa e, nas horas difíceis, tenho a minha família e amigos de verdade. Essa vitória é para todos os corintianos e quem me apoia nas horas difíceis”, dedicou.

A alegria, segundo o atleta, vem só por vencer pelo Corinthians, não por ser diante de um ex-clube. “Todo clássico é especial. Trabalhamos muito para entrar forte e fazer um bom jogo, como conseguimos. O time todo está de parabéns, foi um jogo importantíssimo. Mas vamos seguir com os pés no chão porque é só o começo, tem mais cinco jogos ainda”, indicou.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também