Brigas dentro e fora do Palestra antecedem Palmeiras x Corinthians

Futebol/Campeonato Paulista – ( – Atualizado )

São Paulo (SP)


 

Pouco mais de uma hora antes do duelo entre Palmeiras e Corinthians, o primeiro no estádio alviverde após sua modernização, a Polícia Militar agiu em diferentes focos de brigas.

Segundo o capitão Marçal Ricardo Razuk, comandante da 1ª Companhia do 2º Batalhão da PM, o primeiro conflito teve início na chegada dos corintianos ao local. No momento em que as torcidas passaram a ter contato visual, houve tentativa de encontro das duas partes.

A situação foi pior na Rua Turiassu, principal concentração de palmeirenses e onde se localizam as sedes de suas principais organizadas. Lá, os policiais ainda têm muito trabalho para dispersar o tumulto, utilizando-se de muitas bombas de efeito moral e gás lacrimogêneo.

Gazeta Press

Cenário foi de guerra no entorno do estádio momentos antes da partida (Foto: Miguel Schincariol/Gazeta Press)

Houve relatos também de que corintianos brigaram entre si já dentro do estádio. Na quinta-feira, o Ministério Público determinou que houvesse torcida única. Horas depois, no entanto, a Federação Paulista de Futebol autorizou a venda de ingressos para visitantes.

Válida pela terceira rodada do Campeonato Paulista, o clássico está marcado para 17 horas (de Brasília) deste domingo. O Palmeiras tem uma vitória e uma derrota, ao passo que o Corinthians possui 100% de aproveitamento até o momento.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também