Em papel de expectador, Fábio Santos projeta clássico contra São Paulo

Fora do duelo decisivo contra o Once Caldas-COL por ter sido expulso no jogo de ida, quando o Corinthians goleou os colombianos por 4 a 0 em São Paulo, o lateral Fábio Santos bem que tentou, mas não conseguiu esconder o fato de já estar pensando na fase de grupos da Copa Libertadores, tamanha a vantagem conquistada no confronto preliminar. Mero expectador na noite desta quarta, Fábio abdica de “escolher” adversários e já projeta o clássico contra o São Paulo pelo Grupo 2 da competição.

Entrevistado pela ESPN Brasil no CT Joaquim Grava, zona leste de São Paulo, Fábio brincou com relação ao – provável – grupo difícil, mas valorizou os deslocamentos curtos. Se confirmar a vaga contra o Once Caldas nesta quarta, o Corinthians ficará ao lado de Danubio-URU, San Lorenzo-ARG e São Paulo. “É difícil ter uma escolha, mas se formos entrar em um grupo como esse, é importante ter uma ótima equipe. Se pudéssemos escolher um grupo mais fácil, escolheríamos”, brincou. “Mesmo com um grupo complicado, as viagens são mais curtas e isso pode acabar influenciando lá na frente”, ponderou.

Já pensando na estreia na fase de grupos, que, de acordo com o calendário da competição, deve acontecer na próxima quarta-feira, em Itaquera (SP), diante do São Paulo, Fábio Santos espera um jogo com alto nível de disputa e acredita que clássicos deste tipo valorizam ainda mais a competição. “Eu vejo como um baita jogo, hoje é o principal clássico do Estado, na minha opinião. Pelos títulos, pela força das equipes e pelos times que foram montados. Nunca escondi de ninguém o carinho que tenho pelo São Paulo, sou muito grato a tudo que fizeram por mim, mas minha identificação com o Corinthians é muito grande, me sinto como se tivesse sido criado aqui”, disse o atleta que ficou dos 10 aos 20 anos nas categorias de base do Tricolor.

Divulgação/Agência Corinthians

Após expulsão no 1º jogo, Fábio ganha “refresco” e acredita que Timão integrará Grupo 2 da Libertadores

Sobre o jogo de volta contra os colombianos, Fábio Santos está crente que, se a equipe entrar em campo concentrada, pode selar a vaga ainda no primeiro tempo. “O Tite nos passou, no jogo de ida, que o técnico deles alertou os jogadores sobre nossos problemas na marcação. E aconteceu o que aconteceu, fizemos um gol com 30 segundos de jogo sendo que a saída de bola foi do Once Caldas. Eles serão mais ofensivos e naturalmente sobrarão espaços. Se conseguirmos aproveitar nossas primeiras oportunidades podemos matar o jogo ainda no primeiro tempo”, falou em tom otimista o lateral, que tem 203 jogos e 11 gols com a camisa alvinegra.

Um dos atletas mais experientes do atual elenco, o camisa 6 afirmou que aposta em Danilo para atuar na vaga de Guerrero – também expulso no primeiro jogo. Assim como Fábio Santos, Danilo esteve presente nas conquistas do Brasileirão, em 2011, da Libertadores e do Mundial, em 2012, e do Paulistão e da Recopa Sul-Americana, em 2013. “Não sei se o Tite confirmou ele, mas Danilo já fez essa função. É um cara experiente, que sabe trabalhar bem no pivô e tem a bola aérea. É um cara que se posiciona muito bem no campo e a presença dele em um jogo como esse seria importantíssima”, reconheceu.

Finalizando a entrevista, Fábio Santos afirmou que pouco conhece sobre as equipes sul-americanas, e indicou que Corinthians, São Paulo e Atlético-MG saem na frente na corrida pelo título, mas que tal vantagem não é gritante. “Para eu ser bem sincero, conheço pouco das outras equipes sul-americanas. No Brasil ainda é muito cedo para falar qual equipe sai na frente. Acho que o São Paulo montou uma bela equipe, o Atlético-MG vem muito forte e, apesar de ter perdido seu principal jogador, o Levir vem fazendo um ótimo trabalho, e a gente vem muito forte também”, comentou.

Divulgação/Agência Corinthians

Fábio Santos (D) acredita que Atlético-MG, Corinthians e São Paulo saem na frente na corrida pelo título

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também