Lodeiro revela ter optado por deixar Timão: “Boca é maior, sem dúvidas”

Recém-contratado pelo Boca Juniors, Nicolás Lodeiro já morre de amores pelo time xeneize. Assumindo a camisa 10 em seu novo clube, o meio-campista relembra a transferência que deu fim à passagem apagada pelo Corinthians e início ao seu novo desafio na Argentina. Comparando os finalistas da Copa Libertadores de 2012, ele não tem dúvidas, “o Boca é maior”.

“Boca Juniors é um dos maiores clubes do mundo. E não digo isso só para fazer média. No Uruguai sempre temos o futebol argentino como exemplo e sabemos que Boca ganha tudo”, elogia Lodeiro. “Jogar na Bombonera é especial, qualquer jogador pode dizer. Parece clichê, mas Boca é Boca. Estava no Corinthians, mas o Boca Juniors é maior. Não tenho dúvidas”, avalia o jogador ao Clarín.

Alvo de críticas dos corintianos pelo ritmo lento e erros de passe, Lodeiro não deixou saudades quando foi oficializado como reforço do time argentino no início do mês. Ele chegou a treinar toda a pré-temporada como titular, mas abriu mão da confiança de Tite para rumar ao Boca Juniors. Em oito meses de Timão, o uruguaio atuou em apenas sete jogos oficiais.

“Desde o momento que falei com Arruabarrena (técnico do Boca Juniors), no final de dezembro, fiquei com muita vontade de vir”, revela Lodeiro. “Não podia deixar de pensar nisso, estava muito esperançoso. Conversamos até que o Corinthians, que não queria liberar, entrou em dúvidas. Fiquei responsável por escolher, então avisei o técnico (Tite) que teria decidido”, explica o jogador, que optou por deixar o Brasil horas antes da estreia do Timão na temporada.

Fernando Dantas/Gazeta Press

Criticado no Corinthians, Lodeiro escolheu ‘grandeza’ do Boca Juniors para retomar bom futebol na carreira

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também