Ronaldo visita Timão antes de pré-Libertadores e tenta esquecer Tolima

Dois dias antes do início da segunda participação do Corinthians na fase prévia da Copa Libertadores, Ronaldo apareceu no CT do Parque Ecológico. O ex-atacante reviu amigos, inaugurou um laboratório biomecânico que leva seu nome e não conseguiu evitar o assunto Tolima exatamente quatro anos após a derrota.

“O filme do passado está aí para todo o mundo ver. É só dar uma olhada. Eu, particularmente, não vejo muito, procuro não pensar, porque foi um episódio que marcou negativamente minha carreira. Mas são coisas que acontecem no futebol”, afirmou.

O confronto entre Corinthians e Tolima, pela pré-Libertadores de 2011, encerrou a carreira de Ronaldo. Revoltados com a participação do atacante, totalmente fora de forma na eliminação alvinegra na Colômbia, torcedores chegaram a atacar o ônibus da delegação na volta ao Brasil.

O Fenômeno resolveu se aposentar e outros deixaram o clube, como Roberto Carlos, mas Tite permaneceu. No fim daquele ano, a reformulação foi premiada com a conquista da Copa Libertadores. A sequência foi ainda mais vitoriosa, com os triunfos históricos de 2012.

Divulgação/Agência Corinthians

Ronaldo visitou o Corinthians justamente no aniversário da derrota para o Tolima (foto: Daniel Augusto Jr.)

Agora, a equipe está de volta à fase prévia da principal competição sul-americana, e contra outro adversário colombiano, o Once Caldas. “O Corinthians pode escrever essa história de outra história. Já reescreveu conquistando a Libertadores e o Mundial. Tem que sempre querer vencer”, disse o ex-jogador.

Ronaldo apontou o time do Parque São Jorge como um dos favoritos ao título continental, celebrando o retorno dos amigos Cristian e Elias e apostando na torcida. Como as coisas mudam bastante em quatro anos, definiu a Fiel como o “principal jogador” do clube.

O que também mudou de 2011 para cá foi o patamar de Tite, contestado pós-Tolima e campeão de tudo depois disso. Após uma temporada de descanso em 2014, o gaúcho está de volta na tentativa de repetir os feitos da passagem anterior, algo em que o Fenômeno afirma acreditar.

“Não tenho dúvida da capacidade do Tite. No último ano, ele foi se atualizar, viu o trabalho dos treinadores de fora. Tenho certeza de que a experiência dele vai ser fundamental para o Corinthians agora”, apostou o ex-atacante. Diferentemente do técnico, ele não terá a chance de superar a pré-Libertadores pela primeira vez.

Divulgação/Agência Corinthians

Derrota para o Deportes Tolima encerrou a carreira de Ronaldo (foto: Daniel Augusto Jr. – 2/2/11)

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também