Timão defende invencibilidade em estreias em casa na Libertadores

Em sua 12ª participação na Copa Libertadores, o Corinthians estreará como mandante pela sexta vez. Foram três vitórias e dois empates nos cinco confrontos registrados nessa situação, marca que a equipe espera ampliar na quarta-feira, contra o Once Caldas, em Itaquera.

Em sua primeira partida na competição sul-americana, em 1977, o time alvinegro empatou por 1 a 1 com o Internacional, no Morumbi. No Pacaembu, com maior ou menor dificuldade, bateu o Botafogo , o Cruz Azul e o Racing, em 1996, 2003 e 2010, respectivamente.

A invencibilidade em estreias como mandante foi amargamente mantida em 2011, na disputa da fase prévia. O empate por 0 a 0 com o Tolima acabou custando caro, já que os colombianos triunfaram por 2 a 0 em Ibagué e eliminaram historicamente o Corinthians, aposentando Ronaldo.

De volta à pré-Libertadores, o Corinthians enfrentará novamente um colombiano, abrindo o confronto em São Paulo. Desta vez contra o Once Caldas, os comandados de Tite esperam mais do que manter o retrospecto sem derrotas, levando um bom resultado para Manizales.

“Tem que fazer um bom primeiro jogo. É importante vencer sem sofrer gols”, afirmou o meio-campista Elias, que disputou a Libertadores de 2010 em preto e branco. Foram dele os dois gols que definiram a vitória alvinegra de virada, por 2 a 1, na estreia contra o Racing-URU.

Divulgação/Agência Corinthians

Elias marcou os dois gols da vitória sobre o Racing-URU, em 2010 (foto: Daniel Augusto Jr. – 24/2/10)

Confira as estreias do Corinthians como mandante na Copa Libertadores:

1977 – Corinthians 1 x 1 Internacional (eliminado na primeira fase)
1996 – Corinthians 3 x 0 Botafogo (eliminado nas quartas de final)
2003 – Corinthians 1 x 0 Cruz Azul (eliminado nas oitavas de final)
2010 – Corinthians 2 x 1 Racing-URU (eliminado nas oitavas de final)
2011 – Corinthians 0 x 0 Tolima (eliminado na fase prévia)

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também