Tite supera trauma e aponta auxílio da pré-Libertadores ao Corinthians

Tite vê relação entre o bom futebol apresentado pelo Corinthians no início da temporada e a participação na fase prévia da Copa Libertadores. Eliminado historicamente nessa etapa da competição em 2011 com o próprio time alvinegro, ele apressou a preparação para 2015 na tentativa evitar novo fracasso no mata-mata.

A formação do Parque São Jorge passou sem sustos pelo Once Caldas, com um placar acumulado de 5 a 1, e chegou com moral à fase de grupos. Superado o trauma da pré-Libertadores, estreou no temido Grupo 2 na última quarta-feira, ganhando facilmente do rival São Paulo por 2 a 0.

“Tudo na vida tem dois lados. A moeda tem dois lados. Tudo traz benefícios e um peso. Corremos um risco muito grande de ficar fora da Libertadores. Ao mesmo tempo, o bom desempenho e os bons resultados nos prepararam emocionalmente para a grandeza do jogo que tivemos agora”, afirmou.

Fernando Dantas/Gazeta Press

Tite gostou da preparação do Corinthians para a temporada 2015, apressada pela pré-Libertadores

Terminado o triunfo no Majestoso, Tite se encontrou com o ex-presidente Andrés Sanchez, que o segurou no comando do time após a derrota para o Tolima na pré-Libertadores de quatro anos atrás. Desta vez, o gaúcho não precisa ser bancado para permanecer.

“Houve um momento ruim, mas tivemos um momento extraordinariamente feliz em 2011. Abracei o Andrés, e o abraço que dei nele fez lembrar a conquista do título brasileiro no fim daquele ano, que acabou dando gordura para eu continuar o trabalho. Eu acredito em trabalho”, concluiu o treinador.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também