Aidar vê interesse italiano por Pato e reclama de “inadimplência” do rival

 

O São Paulo está ciente do risco de perder Alexandre Pato antes do fim do empréstimo. O presidente Carlos Miguel Aidar declarou que dois clubes italianos estão interessados no jogador, que briga na Justiça para se desvincular do Corinthians. Caso obtenha êxito contra o Alvinegro, o atleta ficará sem contrato também no Morumbi. Porém, o Tricolor pode estudar alguma compensação caso fique sem o atacante antes do fim do acordo e ainda reclama de uma pendência do rival.

“Vamos esperar a decisão da Justiça para pensar no caso concreto. O São Paulo transferiu o Jadson em definitivo para o Corinthians e recebeu o Pato por empréstimo até dezembro. Se o vínculo for rompido exclusivamente por conta da inadimplência do Corinthians… Mas quero lembrar que o Corinthians depositou tudo o que o jogador tinha direito. O São Paulo também pagou. Mesmo assim, se a juíza entender que o vínculo tem de ser desfeito, o São Paulo tem sete meses de compensação a apurar com o Corinthians”, afirmou o dirigente, ao canal Band Sports.

Aidar ainda alegou que o time do Parque São Jorge deixou de pagar o seguro de integridade física do atleta. “Havia uma cláusula de seguro que venceu em dezembro. O Corinthians, que tinha obrigação de renovar, não fez isso”, declarou o mandatário, que reclamou. “O Corinthians é inadimplente perante o São Paulo”.

Djalma Vassão/Gazeta Press

Alexandre Pato entrou na Justiça para romper o vínculo com o Corinthians, o que o tiraria também do São Paulo

Alexandre Pato recorreu à Justiça para encerrar seu vínculo com o Alvinegro, alegando falta de pagamento dos direitos de imagem e o não recolhimento correto do FGTS. O atleta também citou pendências com o próprio São Paulo, mas os dois clubes alegam que já quitaram tudo.

“Sei que existem dois clubes italianos atrás do Pato, mas acho que ele não vai querer mudar agora. Como não tinha alternativa e precisava dos direitos dele, encontrou o caminho judicial. Mas o Corinthians cumpriu a parte dele, e o São Paulo já tinha cumprido anteriormente”, acrescentou Aidar.

O presidente afirmou que os clubes italianos que estão de olho em Pato são “conhecidos”, mas preferiu não revelar os nomes. A expectativa é de que o caso tenha alguma decisão da Justiça a partir de quinta-feira.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também