Apesar de salários atrasados, Fagner promete receber Gutiérrez bem

Mais um dia de pagamento se passou, na última segunda-feira, sem que o Corinthians depositasse o dinheiro relativo aos direitos de imagem dos jogadores. Não são segredo as dificuldades financeiras do clube, que, mesmo assim, negocia a contratação do atacante Teófilo Gutiérrez, do River Plate. Fagner jura entender.

“Acho que o mais importante é que a diretoria tem credibilidade com a gente. Se vier um jogador, independentemente de nome ou peso, que venha para nos ajudar. Se vier para ajudar, vai ser bem recebido, como todos são. Vindo para colaborar, fortalecer a equipe, é o mais importante”, afirmou.

Facilita a compreensão do lateral direito o fato de ele não estar com salários atrasados. São só aqueles com direitos de imagem como parte dos ganhos mensais – Ralf, Elias, Renato Augusto, Danilo e Emerson – que têm grana a receber, referente a cinco meses de trabalho.

Divulgação/Agência Corinthians

Fagner falou em receber bem Gutiérrez, mas também em valorizar Romero e Love (foto: Daniel Augusto Jr.)

O atraso já foi maior, com cinco meses recentemente quitados com um empréstimo bancário. Agora, a diretoria busca novos recursos para pagar o restante da dívida, sem deixar de tentar reforçar o seu elenco. Com Teófilo Gutiérrez, que deverá custar cerca de R$ 10 milhões, a ideia é parcelar.

“Ah, é difícil falar se tem que vir jogador ou se não tem. Como falei, se vier, ele vai ser muito bem recebido. Mas temos que valorizar quem está aqui hoje, o Romero, o Vagner. São grandes jogadores, que estão trabalhando. É difícil entrar no lugar de um jogador que foi ídolo”, comentou Fagner, referindo-se ao agora flamenguista Guerrero.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também