Cobrança do pai faz Jadson virar artilheiro do Corinthians no Brasileiro

Jadson creditou ao pai os gols marcados nas duas últimas partidas do Corinthians. Em crise, o time reagiu no Campeonato Brasileiro fazendo 1 a 0 no Joinville e superando o Internacional por 2 a 1. Houve uma bola colocada na rede em cada jogo – um chute de fora da área no ângulo e uma cobrança de falta igualmente precisa.

“Quem me cobra bastante é o meu pai. Ele sempre comenta comigo depois dos jogos: ‘Você bate bem, tem que arriscar mais, poderia ter batido aquela bola’”, contou o meio-campista, artilheiro alvinegro no Nacional graças às caixas guardadas em Santa Catarina e em Itaquera.

“Ultimamente, eu vinha tentando dar o último passe para os atacantes. Às vezes, tinha a oportunidade e não chutava”, acrescentou Jadson, cobrado não só pelo pai. “O Tite tem falado bastante também. Aqui, nos treinamentos, tenho tentado melhorar os chutes. Isso está fazendo a diferença.”

Djalma Vassão/Gazeta Press

Jadson tem comemorado mais gols desde que resolveu ouvir as recomendações do pai: “Tem que arriscar”

Como está dando certo, o camisa 10 dificilmente hesitará para finalizar a gol no clássico de sábado, contra o Santos, na Vila Belmiro. Ele aposta em seu bom momento, no ainda melhor momento do companheiro Renato Augusto e na recuperação do ânimo dos jogadores do Corinthians de uma maneira geral.

“O Renato Augusto está vivendo grande fase. É um grande jogador, um cara que pensa ali no meio de campo. Todo o mundo tem ajudado. É importante a equipe continuar nessa pegada para a gente continuar brigando pelas primeiras posições”, concluiu o meio-campista.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também