Com escalação de Mendoza, técnico do Corinthians admite erro no Derby

Tite tem estimulado os seus reservas no período de carências que o Corinthians atravessa. Em meio às mudanças constantes na equipe titular, as novidades da vez contra o Grêmio, na quarta-feira, em Porto Alegre, serão o atacante colombiano Stiven Mendoza e o volante Cristian nos lugares de Petros e Ralf.

Com a entrada de Mendoza, Tite reconheceu que falhou ao apostar em Petros no clássico contra o Palmeiras, no domingo, quando o Corinthians deixou Itaquera derrotado por 2 a 0 e em crise. “Cometi o erro de tirar profundidade da equipe. Quis aproveitar o Petros, que havia feito um bom jogo contra o Fluminense, mas precisava de um jogador mais agudo. Era importante alongar o campo pelos lados”, analisou.

Tite tentou corrigir o problema no intervalo do Derby, quando o Corinthians já tinha desvantagem de dois gols no placar, trocando Ralf por Mendoza. O volante também não voltará ao time titular contra o Grêmio. Segundo o treinador, o bom momento de Cristian – que não estava sendo aproveitado – motivou essa alteração.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Tite também promoveu Cristian para tentar melhorar a deficiente saída de jogo do Corinthians

Antes do treinamento desta terça-feira, Tite comunicou a Ralf e a Cristian a sua decisão. Da mesma maneira que fez ao trocar o zagueiro Felipe por Edu Dracena (que ainda não justificou a promoção), por exemplo, após as duas derrotas para o paraguaio Guaraní, na Copa Libertadores da América.

“Trouxe os dois para conversar e disse que não meço quem é melhor, mas a fase de cada um. É importante ter essa comunicação. Não gosto de vir ao trabalho e deixá-los espiando a gente distribuir os coletes”, comentou.

Se a intenção de escalar Mendoza é ter mais velocidade pela esquerda, a aposta em Cristian serva para o Corinthians melhorar a sua deficiente saída de bola. “É claro que o Cristian tem qualidade de passe, mas o Ralf também foi elogiado por isso em outro momento. É natural que as oportunidades surjam em um processo de construção de equipe”, minimizou Tite.

O certo é que Mendoza e Cristian deverão ganhar mais algumas chances para mostrar serviço. Tite garantiu que será paciente com os novos titulares do Corinthians. Como foi com o atacante paraguaio Ángel Romero, mantido entre os titulares apesar da atuação discreta contra o Palmeiras. “Não deixamos o atleta um jogo e tiramos no seguinte. Existe certa lógica. Quero apressar as coisas, mas esse tempo é inevitável”, concluiu o técnico.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também