Cristian mostra irritação com comentários sobre seu salário

Cristian concedeu entrevista na noite de quarta-feira, no centro de treinamento do Corinthians, e mostrou irritação com o assunto em torno de seu salário. Uma das mais recorrentes críticas à diretoria alvinegra – que tem dívida milionária com parte do elenco – é o alto investimento no volante, no zagueiro Edu Dracena e no atacante Vagner Love, todos reservas até pouco tempo atrás.

“Você ficar comparando o salário da pessoa não tem nada a ver. Acho que é um pouco injusto, mas a gente respeita. Se quer cobrar, tem que cobrar lá no campo, falar que não jogou bem. Não porque ganha tanto, não vem ao caso. Dinheiro não entra em campo, a gente quer ganhar três pontos. Querem colocar o dinheiro na frente, e não tem nada a ver”, afirmou o cabeça de área.

Há duas rodadas, Cristian assumiu a vaga de Ralf – de quem, apesar do bom desempenho no ano, a diretoria está louca para se livrar. Edu Dracena já havia ganhado o posto de Felipe. No próximo sábado, é bem provável que Vagner Love, outro dos reforços tidos como caros contratados para 2015, tire Ángel Romero do time titular do Corinthians.

Djalma Vassão/Gazeta Press

Cristian ganhou a posição do eficiente Ralf, de quem a diretoria do Corinthians está louca para se livrar

“Acho que algumas pessoas colocam coisas que não são verdade: ‘O preço é altíssimo, o salário de fulano é tanto. Parece que a gente vale aquilo lá, né? No contrato de nenhum jogador está escrito que tem que ser titular. A gente tem que buscar nosso espaço, respeitando os amigos. Com história bonita ou não, tem que esperar a oportunidade e trabalhar”, disse volante.

A história bonita a que se refere Cristian é a dele mesmo em preto e branco. Justamente pela ótima passagem pelo clube entre 2008 e 2009, ele pôde voltar com um dos principais salários do elenco. Mesmo assim, teve de esperar todo um semestre para finalmente ganhar um posto de titular. “Foi porque o Ralf estava jogando muito. Tenho muita admiração por ele.”

Atraso
Irritado com os questionamentos sobre o valor de seu salário, Cristian também não quis comentar se ele está caindo em dia. A diretoria do Corinthians deve até cinco meses de direitos de imagem aos jogadores do elenco que têm parte de seus vencimentos nessa modalidade e jura estar direcionando seus esforços na tentativa de resolver a situação.

“Cara, de verdade, não me preocupo com esses comentários, nem procuro saber. Parece que é o fim do mundo, que só o Corinthians está devendo. Já passei por momentos piores na Turquia. A gente sabe que estão correndo atrás para pagar o que devem. Nenhum jogador fica pensando nisso. Eu não penso”, assegurou o cabeça de área.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também