Elias vê eliminação “acidental”, e pede tranquilidade à Seleção Brasileira

Aos poucos, a delegação brasileira se prepara para deixar o Chile, um dia depois de ter sido eliminada pelo Paraguai, nos pênaltis, pelas quartas de final da Copa América. O volante Elias foi o primeiro a deixar o hotel, e não escondeu a chateação por sair do torneio muito antes do planejado. O jogador deve se reapresentar ao Corinthians nos próximos dias.

“É claro que viemos para ser campeões, mas sabíamos que ia ser difícil. Saímos chateados porque tínhamos condição de ir mais longe, principalmente pelo que mostramos no primeiro tempo. Agora é ter tranquilidade e continuar um trabalho”, disse ao Sportv.

No jogo contra os paraguaios, Robinho abriu o placar no início do primeiro tempo, período em que a Seleção Brasileira se postou bem em campo. Depois, aos 25 minutos da etapa final, Derlis González cobrou pênalti e empatou a partida. O zagueiro Thiago Silva tocou com as mãos na bola dentro da área.

AFP

Elias garante que a Seleção Brasileira merecia melhor sorte no duelo contra o Paraguai (Foto: Yuri Cortez)

Com a igualdade no tempo normal, a vaga nas semifinais foi definida nos pênaltis. Éverton Ribeiro e Douglas Costa desperdiçaram suas cobranças, e o Brasil acabou eliminado, novamente, pelo Paraguai da Copa América – o mesmo aconteceu em 2011.

“Primeiro tempo jogamos bem, toque de bola, impomos nosso ritmo, segundo tempo ficou mais igual e envolveram a gente em bola área. Em lance acidental, eles chegaram ao pênalti e fizeram o gol”, lamentou Elias.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também