Love se diz pronto para fazer o Corinthians findar busca por reforço

Vagner Love abriu um largo sorriso ao ouvir que, após o seu gol marcado sobre o Internacional, o Corinthians ficou menos preocupado em contratar um centroavante para suceder o peruano Paolo Guerrero. A diretoria ainda cogita apostar no colombiano Teófilo Gutiérrez, do argentino River Plate, o que não tira a confiança do atleta da posição que já está no elenco.

“Estou pronto para ser esse atacante”, avisou Love, que se sente em perfeitas condições físicas após iniciar um cronograma diferenciado de treinamentos. “O Tite pode contar comigo, e ele sabe disso. Vou procurar fazer o meu melhor para que o Corinthians consiga ter mais tranquilidade. Estou esperando uma sequência para pegar ritmo, porque também não adianta ficar só treinando.”

Enquanto Love treina e joga para enfim corresponder às expectativas, o presidente Roberto de Andrade tenta solucionar os problemas financeiros do clube e ainda reforçar o setor ofensivo. “Se vier mais um atacante, ele será bem-vindo. Mas, independentemente disso, tenho que continuar a fazer a minha parte”, conscientizou-se o centroavante revelado pelo Palmeiras.

Djalma Vassão/Gazeta Press

Atacante revelado pelo Palmeiras já se sente em perfeitas condições físcas para ajudar o Corinthians

Para Love, o fato de iniciar a carreira no grande rival fez com que os torcedores do Corinthians tivessem menos paciência com ele no início do ano. “Isso pesa também. Existe uma desconfiança. Só que a única forma de reverter isso é dentro de campo. Procuro dar o máximo para ser ídolo aqui”, vislumbrou, apesar de se dizer sempre bem tratado pelo público corintiano. “Fico feliz por isso. Vou continuar trabalhando forte para dar a alegria que eles merecem.”

Se cumprir a palavra, Vagner Love ficará mais próximo de ser ele mesmo o grande reforço para o ataque de Tite. O contrato do jogador vencerá em 31 de agosto de 2016. “O objetivo é renovar. Vou fazer o meu melhor para isso. Mas é algo mais para a frente, que dependerá da vontade do clube”, ponderou.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também