Malcom se diz confiante após Seleção sub-20: “Quero ser ídolo”

 

O atacante Malcom voltou ao Corinthians mais confiante depois de passagem pelo Mundial sub-20 pela Seleção Brasileira. O jogador, que já teve o nome especulado no exterior, prefere não comentar uma possível saída do clube e manifestou o interesse de se firmar com a camisa alvinegra.

“Transferência é negócio do meu representante, e não comigo, porque tenho foco no Corinthians e em jogar bola. Deixo para ele e minha família resolverem isso. Mas quero fazer história e ser ídolo no Corinthians”, afirmou.

Malcom não foi titular na Seleção que disputou o torneio na Nova Zelândia, mas ganhava chances com o técnico Rogério Micale no decorrer dos jogos. Na decisão, contra a Sérvia, o jogador foi colocado em campo durante o confronto, sem conseguir impedir a derrota por 2 a 1 na prorrogação.

Djalma Vassão/Gazeta Press

Malcom voltou esta semana da Seleção sub-20 e deve ser titular do Corinthians contra Figueirense

“Para mim, foi mais um aprendizado na carreira. Nós perdemos a final, mas foi um ótimo campeonato. O ambiente estava muito bom, um respeitava o outro e não tinha picuinha. Conseguimos chegar à final e foi muito bom para mim”, comentou o atleta, que completou.

“A confiança aumenta depois que enfrentamos seleções qualificadas, como de Portugal e da Sérvia, que tinha um paredão na zaga. Sei que ganhei experiência lá, mesmo sendo jovem. Fiquei bem confiante para voltar com tudo e ajudar o Corinthians”, encerrou.

O atacante, de 18 anos, deve ser titular na equipe de Tite na partida contra o Figueirense, na noite de sábado, no estádio de Itaquera.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também