Rafael Moura lembra de 2014 e vê jogo de tempos distintos em Itaquera

O Internacional lamentou bastante a derrota deste sábado, na Arena Corinthians. Não apenas por ter sido diante de um concorrente direto, mas porque a equipe saiu à frente no placar, permitiu a virada e, principalmente, porque, no entendimento do elenco, a atuação colorada foi boa em São Paulo.

O centroavante Rafael Moura traçou um paralelo com o confronto do ano passado, também acabado em 2 a 1 para o Corinthians. Para ele, como naquela ocasião, a Arena foi palco de um jogo de dois tempos completamente distintos um do outro. “Fizemos uma bela partida no primeiro tempo, mas depois deixamos o adversário jogar. Foi como no ano passado: eles foram muito bem no primeiro tempo naquela vez e nós dominamos o segundo, e hoje nós fomos bem no primeiro tempo e eles no segundo”, destacou o He-Man.

O centroavante colorado lamentou o fato de a equipe ter cedido o resultado após estar vencendo o jogo.“A gente sabia que eles iriam pressionar no segundo tempo, com o resultado adverso e a pressão da torcida. Mas infelizmente não soubemos segurar”, disse Rafael Moura.

O volante Rodrigo Dourado também deixou o campo chateado pelo mau resultado: “difícil, pois acho que foi a nossa melhor partida fora de casa. Saímos na frente, então não pode acontecer isso, pois a gente precisava. A derrota foi muito ruim para nós”, considerou o centromédio.

Com a derrota, o Inter acaba o jogo na 10ª colocação do Brasileirão, com 9 pontos, mas pode perder posições até o final deste domingo. A equipe gaúcha volta a campo na quinta-feira, no Orlando Scarpelli, diante do Figueirense.

Alexandre Lops/Divulgação/Internacional

Rafael Moura lamentou resultado, principalmente depois de Inter abrir o placar

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também