Ralf aceita cobrança no Corinthians e acredita em reação do elenco

A série de três rodadas sem vitórias no Campeonato Brasileiro aumentou a pressão sobre o Corinthians, mas o volante Ralf defendeu o time das críticas. Apesar de aceitar a cobrança, o jogador crê na capacidade do time de se reerguer na temporada.

“Há um mês, o Corinthians era considerado um dos melhores times e não é porque perdeu dois jogos que tem de existir desconfiança. Claro vem cobrança, mas nós nunca nos achamos a melhor equipe do País. Temos muito o que melhorar, estamos nos primeiros jogos do Campeonato Brasileiro. Sabemos que é uma competição difícil, mas podemos reverter essa situação”, afirmou.

O meio-campista deixa claro que a grande preocupação no momento é obter logo uma vitória para quebrar a sequência negativa. “A gente já não tem motivo para jogar bem. Agora, a gente tem é que ganhar”, declarou.

Djalma Vassão/Gazeta Press

Ralf avisa que time precisa se preocupar só em ganhar neste momento, sem pensar em jogar bonito

Pressionado pela eliminação diante do Palmeiras no Paulistão e pela queda nas oitavas de final da Libertadores contra o Guaraní-PAR, o Corinthians ainda passa por uma reformulação, com saídas de jogadores importantes, como Paolo Guerrero e Emerson Sheik.

Apesar de ter começado bem o Brasileirão, com duas vitórias seguidas, o time de Tite caiu de rendimento em seguida, empatando contra o Fluminense e perdendo para Grêmio e Palmeiras.

Agora, o Alvinegro se concentra para encarar fora de casa o Joinville, na noite de sábado. “Sabemos que temos uma equipe muito forte e vamos a Joinville para buscar os três pontos”, encerrou o volante.

Depois da derrota em Porto Alegre na quarta-feira, o elenco alvinegro não retornou à capital paulista, pois decidiu seguir direto para Joinville.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também