Tite recorda indisciplina de Adriano para valorizar papel de Fábio Santos

Tite classificou Fábio Santos como um dos três melhores laterais esquerdos do Campeonato Brasileiro, mas preferiu não resumir o trabalho do jogador à sua condição técnica. Para ele, farão falta ao Corinthians “a liderança e o exemplo” do camisa 6, a caminho do futebol mexicano.

O gaúcho ilustrou sua colocação com um episódio envolvendo Adriano, que defendeu o clube do Parque São Jorge entre 2011 e 2012. Com notórias brigas com a balança, o centroavante se recusou a subir nela à frente do preparador físico Fábio Mahseredjian e foi cortado da concentração.

“Ele (Mahseredjian) entrou no vestiário, no lugar onde estavam os atletas, e ouviu: ‘O homem quer me f…, o homem me f…’. O Fábio ouvindo e o Ralf ouvindo o Adriano dizer: ‘Pô, ele me tirou da concentração, quer me f… só porque não me pesei’”, recordou o gaúcho.

“Aí, os dois, o Fábio e o Ralf, disseram: ‘Mas, pô, se é isso, Adriano, por que você não vai lá e se pesa?’. Falaram: ‘Somos iguais, temos que nos pesar, por que tu é privilegiado?’. Essa conduta transcende o campo, às vezes o torcedor não sabe. Esse é o Fábio Santos”, concluiu Tite.

Esse comportamento estará a serviço do Cruz Azul quando for concretizada a negociação, já apalavrada. Assim, o lateral esquerdo se despedirá após quatros e meio no Corinthians, com cinco títulos. Dos titulares no título mundial de 2012, restarão Cássio, Ralf e Danilo.

Djalma Vassão/Gazeta Press

Valor do lateral esquerdo Fábio Santos, diz Tite, não é ligado apenas à qualidade de seu futebol

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também