Embalado, Corinthians encara Coritiba para se manter em briga de líderes

Confiante por conta da série de três vitórias no Campeonato Brasileiro, o Corinthians luta para aumentar esta marca e se fortalecer entre os líderes da competição neste domingo, às 16 horas (de Brasília), quando enfrentará um time desesperado na classificação, o Coritiba, no estádio Couto Pereira.

Os triunfos obtidos consecutivamente diante de Atlético-MG, Flamengo e Atlético-PR completam uma série de seis jogos sem derrotas da equipe de Tite, que possui 29 pontos e aparece no G4 já há três rodadas. Por isso, o meia Jadson relata a importância de um triunfo em Curitiba para manter a boa fase.

“Temos que jogar cada jogo como uma final. Cada vez que ficamos na frente, ficamos mais visados também, e outros times querem tirar proveito disso. Estamos buscando a liderança, mas temos que esquecer o Atlético-MG e fazer a nossa parte”, afirmou o meio-campista, lembrando que o Timão começou a rodada estando em desvantagem em relação ao Galo apenas nos critérios de desempate.

O armador é justamente uma novidade da equipe de Tite para o compromisso no Paraná. Depois de ter cumprido suspensão automática na rodada passada, o atleta retoma sua vaga na equipe. Outro jogador que está de volta é o goleiro Cássio, recuperado de dores na coxa esquerda.

Fernando Dantas/Gazeta Press

Depois de ter cumprido suspensão, Jadson é uma das novidades do Corinthians neste domingo

Entretanto, o treinador não poderá contar com outro importante titular, Gil, que recebeu o terceiro cartão amarelo diante do Atlético-MG. Assim, Edu Dracena ganha mais uma chance na equipe, formando dupla de defesa com Felipe.

Do outro lado, depois da classificação suada para as oitavas de final da Copa do Brasil, o Coxa vira novamente a chave e reencontra a realidade dura do Brasileirão. Penúltimo colocado na classificação, o time alviverde quer iniciar uma arrancada jogando em casa, diante do já irritado torcedor, e planeja até o final do turno 100% de aproveitamento no Alto da Glória, reconquistando a confiança e arrancando para fora da zona de rebaixamento.

“Acho que no domingo temos tudo para começar uma nova jornada dentro do Campeonato Brasileiro. Temos o objetivo de terminar o turno fora da zona de rebaixamento e, para isso, precisamos de três vitórias em três jogos em casa”, avaliou o técnico Ney Franco, mostrando confiança em uma reação imediata.

Para a partida, o comandante coxa-branca terá reforços importantes em relação ao time que bateu a Ponte Preta. Impedidos de jogar no meio de semana, os atacantes Marcos Aurélio e Paulinho, os meias Lucio Flávio e Esquerdinha e o goleiro Wilson estão novamente à disposição do treinador, que ainda poderá utilizar o zagueiro Rafael Marques, teve seu contrato regularizado e tem chance de estrear.

A situação não é melhor porque o departamento médico continua lotado. O atacante Keirrison, que se recupera de dores no joelho, e Henrique, são os únicos com chances de serem liberados. O atacante Kleber Gladiador, o meia Ruy, os volantes Cáceres e Rosinei, o zagueiro Bonfim e o lateral esquerdo Carlinhos seguem sem previsão de retorno.

Ney Franco acredita que o resultado diante da Macaca pode reacender a esperança do torcedor e espera um estádio lotado, pressionando o adversário. “Queria aproveitar para pedir ao torcedor que vá ao campo, nos empurre e motive o tempo todo. Uma classificação como essa pode virar uma bolinha de neve que vai crescendo para o lado positivo emocionalmente”, concluiu.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA X CORINTHIANS

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 26 de julho de 2015, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (PB)
Assistentes: Alessandro A. Rocha de Matos (Fifa-BA) e Cleriston Clay Barreto Rios (Fifa-SE)

CORITIBA: Wilson, Norberto , Luccas Claro, Walisson Maia e Ivan; João Paulo, Lucio Flavio, Thiago Galhardo e Esquerdinha; Marcos Aurélio e Rafhael Lucas
Técnico: Ney Franco

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Felipe, Edu Dracena e Uendel; Bruno Henrique; Jadson, Elias, Renato Augusto e Malcom; Vagner Love
Técnico: Tite

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também