Márcio e Wilson Mano deixam marcas na Calçada da Fama do Corinthians

O Corinthians realizou no sábado mais uma cerimônia de entrada de atletas em sua Calçada da Fama. Campeões estaduais em 1988 e brasileiros em 1990, Márcio e Wilson Mano deixaram as marcas de seus pés no memorial da agremiação do Parque São Jorge.

“É sempre muito gratificante receber um convite como esse. Poder participar como um ídolo de uma equipe tão poderosa é uma honra”, afirmou o curinga Wilson Mano, volante que atuou também como lateral direito, zagueiro e atacante vestindo preto e branco.

Divulgação/Agência Corinthians
 Márcio e Wilson Mano deixam marcas na Calçada da Fama do Corinthians

Wilson Mano e Márcio reviveram no Parque São Jorge a dupla de volantes de 1990

O jogador defendeu o Corinthians entre 1986 e 1992, voltando para mais uma passagem em 1994. Completou 405 partidas, com 34 gols marcados, sendo o mais importante deles em 1990. Na primeira partida da final do Brasileiro, contra o São Paulo, definiu o triunfo (muito) corintiano usando o joelho.

Márcio também estava naquela conquista, formando dupla de volantes com Mano. Mesmo sem marcar um gol pelo clube – e, ironicamente, fazer pelo Internacional contra ele –, representou em 272 ocasiões a raça que os torcedores fazem questão de ver em campo.

Já como técnico – e o sobrenome que geralmente acompanha essa função –, Márcio Bittencourt participou também do título do Campeonato Brasileiro de 2005. “É uma satisfação muito grande ser homenageado aqui e colocar meu pé ao lado de grandes jogadores de toda a história. Estou sem palavras”, sorriu.

Acervo/Gazeta Press

Os valentes Wilson Mano e Márcio marcaram pela maneira de que vestiram a camisa do Corinthians

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também