Tite não vê vitória sobre Atlético-MG como emblemática na busca pelo título

A vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-MG, conquistada com bastante sofrimento em Itaquera, deixou o Corinthians igualado ao adversário na ponta da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. O que não foi suficiente para fazer o técnico Tite se empolgar demasiadamente diante das câmeras de televisão.

Questionado se o jogo havia sido emblemático para a campanha do Corinthians, o comandante não titubeou: “Não”. Em seguida, recorreu à fórmula dos pontos corridos para justificar o seu raciocínio. “O Campeonato Brasileiro é diferente da Libertadores, por exemplo, em que você vai mal em um só jogo e acaba ficando fora. Os três pontos que conquistamos contra o Atlético são os mesmos três de uma vitória sobre o Joinville.”

Na verdade, tratava-se do chamado “jogo de seis pontos”. Com o resultado positivo, o Corinthians impediu também que o Atlético-MG se distanciasse na disputa pelo título nacional, conforme observou o lateral esquerdo Uendel.

“É um campeonato muito longo. As equipes vão oscilar, e a gente não podia deixar o Atlético ficar muito à frente. Deveríamos, no mínimo, empatar. A vitória dá um recado sobre a força da nossa equipe e nos permite sonhar com o título no final da competição”, comentou o jogador.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Jogadores vibraram bastante com o resultado obtido sobre o líder do Campeonato Brasileiro

Tite sabe, no entanto, que ainda falta muito para o final da competição. “É por isso que precisamos de regularidade, de plantel. A equipe que melhor se construir será campeã”, afirmou o treinador, satisfeito, apesar da pressão que o Atlético-MG aplicou sobre o Corinthians no sábado. “Eu me sinto merecedor pelo que produzimos.”

Agora com os mesmos 29 pontos ganhos pelo Atlético-MG – o Fluminense tem 27 e enfrentará o Vasco neste domingo –, o Corinthians voltará a campo só no próximo fim de semana. O adversário do time de Tite será o Coritiba, no Couto Pereira.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também