Tite se surpreende com empate e diz que marcar “não adianta se não jogar”

O técnico Tite disse ter sido tão pego de surpresa quanto seus defensores no lance que custou a vitória do Corinthians em Pereira. Já aos 46 minutos do segundo, após uma batida de lateral e uma tabela pela direita, Rafhael Lucas cruzou rasteiro para Evandro completar na pequena área e dar ao Coritiba o empate por 1 a 1.

“O lateral foi batido rápido, também me surpreendi. Quando olhei, o atleta já estava fazendo a infiltração e o cruzamento”, disse o treinador, para quem sua equipe não foi inferior na etapa final do confronto. “Nossa equipe jogou melhor no segundo tempo. O futebol é assim.”

O Corinthians teve lances para matar o jogo após o intervalo, mas acabou encurralado pelo Coritiba. Segurando-se no campo de defesa, conseguiu se safar do empate até os acréscimos, quando deixou escapar a possibilidade de ficar com a mesma pontuação do líder Atlético-MG.

Divulgação/Coritiba

Corinthians viu a partida nesta perspectiva durante boa parte do segundo tempo em Curitiba

“Não adianta se não jogar”, afirmou Tite, questionado sobre a consistência defensiva alvinegra. O time não havia sofrido nenhum gol em suas últimas cinco partidas do Campeonato Brasileiro. Poderia ter completado o exto, julga o chefe, se estivesse um estágio à frente em sua construção.

“A equipe está se montando e se afirmando. Está nesse processo de afirmação, buscando um entrosamento maior. Estamos na busca da sintonia, como acontece para usar a velocidade do Rildo. É um processo de construção e de maturidade”, concluiu o gaúcho.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também