Tite trabalha por Corinthians “no bolo” até “sprint final” no Brasileiro

Tite se controlou ao comemorar a entrada do Corinthians no grupo dos quatro primeiros colocados do Campeonato Brasileiro. Quarto colocado, o time está a três pontos da liderança, e a manutenção no pelotão de elite da competição é tudo o que quer o treinador por ora.

“O G4 eu não projeto agora. Isso é coisa para as últimas 10, 12 rodadas. O importante é ficar no bolo dos cinco ou seis próximo. É ficar ali no bolo, conseguir se manter. No fim, a gente vê o cavalo que dá o estirão, como chama aquele negócio? Isso, o sprint final”, afirmou o técnico.

A avaliação teve eco nas palavras do meio-campista Renato Augusto. “A gente entrou no G4 agora, mas pode sair na próxima rodada. É uma luta constante, uma competição complicada, que está com muito equilíbrio ali na parte de cima. Temos que continuar fazendo a nossa parte.”

Djalma Vassão/Gazeta Press

Tite quer o Corinthians no grupo dos “cinco ou seis” primeiros antes de eventual arrancada galopante

Matemática à parte, o Corinthians já está jogando bem melhor e apresentando mais confiança do que demonstrava na época das eliminações no Campeonato Paulista e na Copa Libertadores. O que é necessário no momento, de acordo com o chefe, é se mostrar menos ansiosa.

“Em alguns momentos, o time erra e tem que saber absorver. É ter calma, inverter a bola, jogar atrás com o Cássio, manter a posse. A equipe ainda carece disso, está com uma série de jogadores se afirmando. A gente espera que ela ganhe isso e se construa ao longo da competição”, analisou Tite.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também