Tite vê Levir à frente na construção e pede a Giovanni Augusto: “Chega”

Corinthians e Atlético-MG chegam à 14ª rodada como duas das equipes em melhor fase no Campeonato Brasileiro e duelarão no sábado, em Itaquera. Na visão de Tite, o time alvinegro dirigido por Levir Culpi tem vantagem no estágio alcançado em relação ao seu.

“O Atlético está um pouquinho na frente na construção da equipe. A gente vai ter que compensar de alguma forma”, afirmou o gaúcho. “Minha opinião é que a equipe há mais tempo jogando bom futebol. Talvez não tão distante dos outros, mas essa equipe é o Atlético Mineiro.”

Tite advertiu que essa avaliação “não isenta o Corinthians de responsabilidade”, até porque a formação do Parque São Jorge vem de boa sequência. São quatro vitórias e um empate nas últimas cinco rodadas. Em jogos na zona leste de São Paulo, como o de sábado, a série atual é de quatro triunfos.

Ampliar esse retrospecto recente deixará o time paulistano com os mesmos 29 pontos do Atlético-MG. O problema é que o adversário vem de impressionantes seis vitórias consecutivas, lidera a competição, tem o melhor ataque e conta com o carrasco Giovanni Augusto.

Emprestado ao Figueirense no ano passado, ele castigou o Corinthians e marcou o único gol da abertura do estádio de Itaquera. “Ah, ele era do Atlético? E estava emprestado ao Figueirense?”, perguntou Tite. “Então, tá, Giovanni. Já fez o que tinha que fazer. Chega”, sorriu.

Djalma Vassão/Gazeta Press

Tite brincou com o carrasco Giovanni Augusto, que castigou o Corinthians na época de Mano Menezes

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também