Para Tite, empate seria “um crime” pelo futebol do Corinthians -Gazeta Esportiva.net

Tite se empolgou com o futebol apresentado na noite de quarta-feira em Itaquera. O técnico do Corinthians fez muitos elogios ao Sport e a seu treinador, Eduardo Baptista, antes de apontar justiça no gol marcado de pênalti, aos 41 minutos do segundo tempo, que definiu o triunfo alvinegro por 4 a 3.

“Seria um crime se nós empatássemos. Pelo que a equipe jogou, seria um crime”, afirmou. “Hoje, a gente jogou um futebol equilibrado. Talvez tenha sido uma das melhores partidas do campeonato. Foi emocionante, com recursos técnicos dos dois lados e organização. Houve todos esses componentes.”

Após uma vitória parcial por 2 a 1 no primeiro tempo, o Corinthians parecia ter deixado o resultado muito bem encaminhado com mais um gol na etapa final. No entanto, um erro de passe de Guilherme Arana e um cruzamento de Diego Souza foram aproveitados por Hernane, aos 26 e aos 31, empataram rapidamente o marcador.

“Futebol é um esporte particular. Houve um erro, um gol. Outra conclusão, tuf, empatou. O jogo nem falou que isso iria acontecer. Porque o jogo fala. Felizmente, houve a maturidade da equipe e a capacidade do garoto de absorver. Ele não se omitiu”, acrescentou Tite.

O treinador se referia ao lance que gerou o pênalti, um avanço de Arana pela esquerda. O juiz Luiz Flávio de Oliveira viu pênalti no toque de mão de Rithely, e Jadson fez a cobrança para definir um resultado que, para o comandante alvinegro, não poderia ser outro. “Seria um crime”, repetiu.

malcom djalma 1024x683 Para Tite, empate seria um crime pelo futebol do Corinthians  Gazeta Esportiva.net
Futebol de atletas como Malcom deixou Tite feliz (foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também