Renato Augusto lamenta eliminação do Atlético-MG na Copa do Brasil -Gazeta Esportiva.net

00803018 1024x681 Renato Augusto lamenta eliminação do Atlético MG na Copa do Brasil  Gazeta Esportiva.net
Renato Augusto seguiu a linha do chefe e comemorou o tempo de descanso (foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

Renato Augusto mostrou bem qual era a disposição do Corinthians na Copa do Brasil. Obviamente sem deixar de mostrar pesar com a eliminação diante do Santos, ele comemorou o tempo maior de preparação para os jogos do Campeonato Brasileiro e lamentou que o concorrente Atlético-MG também o terá.

“Claro que não queria ser eliminado, mas vamos tentar tirar algo positivo disso. Sempre achei que quem saísse ia levar um pouco de vantagem em relação a descanso. O Atlético também saiu. Agora, vai ser um cabo de guerra. Quem errar menos e pontuar mais fora de casa vai acabar levando”, afirmou o meia.

Tite julgou que o Corinthians não tinha elenco para brigar por duas competições e optou por concentrar os esforços no Campeonato Brasileiro. Por isso, poupou titulares e colecionou a terceira eliminação seguida em Itaquera, onde ouviu da torcida que o Nacional “virou obrigação”.

“Obrigação é uma palavra forte, mas a gente vai brigar”, respondeu Renato Augusto, um dos titulares que esteve em campo – e bem – na derrota para o Santos. “Pressão é uma coisa diária aqui. Tem pressão nossa também, a gente se cobra. Vejo o Brasileiro como uma grande forma de coroar um trabalho que foi muito bom neste ano.”

O meia sabe que a escolha feita pelo chefe colocou um peso no time alvinegro. Após 20 rodadas, a formação do Parque São Jorge está na liderança da disputa por pontos corridos, com quatro pontos de vantagem sobre o Atlético-MG – eliminado da Copa do Brasil pelo Figueirense. Ir à Copa Libertadores não será suficiente.

“Neste ano, a gente tem uma obrigação um pouco maior. No ano passado, a gente suou para chegar à Libertadores, uma coisa em que muitos não acreditavam. Neste ano, o pensamento é muito mais de ser campeão do que de conseguir a classificação para a Libertadores”, concluiu Renato.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também