Após sete anos, Corinthians apresenta time feminino e mira títulos em 2016

00835136 1024x682 Após sete anos, Corinthians apresenta time feminino e mira títulos em 2016
Roberto de Andrade crê no sucesso do time feminino do Corinthians nos torneios desse ano (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Depois de sete anos, o Corinthians enfim tem uma equipe de futebol feminino. Em parceria com o Osasco Audax, o Timão apresentou nesta quinta-feira o elenco que disputará as principais competições da modalidade em 2016, como o Campeonato Brasileiro, a Copa do Brasil e o Campeonato Paulista.

O presidente corintiano, Roberto de Andrade, exaltou o acordo firmado entre o clube e o Osasco Audax e revelou que a decisão de criar um time feminino se fez necessária devido à adesão ao Profut. Sancionada pela presidente Dilma Rousseff em agosto de 2015, a medida provisória permite o refinanciamento das dívidas dos clubes mediante o cumprimento de contrapartidas. Para Andrade, a nova empreitada do Timão tem tudo para dar certo.

“Estamos muito felizes com a parceira com o Audax, porque entendemos que se trata de um grande clube. Formamos este time por causa do Profut, que nos obrigava, e espero dessas meninas o máximo de empenho com a camisa do Corinthians”, afirmou.

O time feminino do Corinthians será comandado por Arthur Elias, técnico campeão brasileiro em 2013 com o Centro Olímpico. Aline Pellegrino, ex-zagueira da Seleção Brasileira, campeã dos Jogos Pan-Americanos de 2007 e vice-campeã da Copa do Mundo do mesmo ano, além de medalhista de prata nas Olimpíadas de 2004, será a supervisora da equipe.

O treinador da equipe feminina agradeceu a oportunidade de comandar as meninas do Corinthians e prometeu empenho para levar o time à conquistas na temporada que se inicia.

“Agradeço a confiança do Roberto de Andrade e do Andrés Sanchez por esta oportunidade. A parceria com o Audax foi uma decisão inteligente, porque as equipes vão dividir custos. Sabemos da importância de vestir esta camisa e vamos honrá-la. Esperamos conquistar bons resultados”, disse Elias.

*especial para a Gazeta Esportiva


Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também