Guilherme conversa com Tite e mostra disposição de atuar no meio de campo

00838738 1024x682 Guilherme conversa com Tite e mostra disposição de atuar no meio de campo
Guilherme foi meia esquerda em seu primeiro treino com bola no Corinthians (foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Guilherme não conhecia Tite, mas já havia ouvido muitos elogios à forma de trabalho do técnico do Corinthians. Agora sob comando do gaúcho, ele o conheceu mais profundamente na tarde de terça-feira, gostou muito do primeiro contato e mostrou que sua ideia é atuar no meio de campo, não como atacante.

“Foi legal ouvir o pensamento dele, o planejamento que tem. Tinha uma situação tranquila na Turquia, mas, sem dúvida, ser o Corinthians, ser a instituição que é, tendo os jogadores que tem, pôs em mim a decisão de reativar sonhos. Tive o prazer de conhecer o Tite, e conhecer o caráter dele só me deu mais vontade de jogar”, afirmou.

Sobre a posição no campo, os dois parecem estar em sintonia. O treinador acompanhou o bom desempenho do atleta na meia do Atlético-MG e, no primeiro treinamento, utilizou-o nessa função. Na linha de armadores, ele ocupou a meia esquerda da formação reserva.

“Já tem alguns anos que eu jogo no meio de campo, na armação da equipe, servindo os atacantes. Em uma eventual situação, um momento de necessidade, não vejo problema de jogar mais adiantado. É óbvio que é uma questão de treinamento, mas tenho mais facilidade no meio de campo”, comentou o maranhense.

O atleta de 27 anos disse não se importar com o número da camisa que utilizará – a 9 e a 10 estão vagas – e prometeu correr para apresentar rapidamente uma boa forma. “Eu me sinto bem, já vinha fazendo trabalhos físicos. Só não vinha fazendo trabalhos com bola, mas isso a gente pega no dia a dia. Sem bola é que é mais chato. Com bola, a gente pega rápido.”

É justamente a questão física que gera maiores preocupações em relação a Guilherme. Ele sempre exibiu uma boa técnica, mas teve muitos problemas de lesão na carreira, especialmente na passagem do Atlético-MG. O jogador assegurou, no entanto, que esses problemas ficaram para trás.


Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também