Romero lembra que recusou proposta da Rússia para vingar no Corinthians

Ángel Romero poderia ter sido mais um jogador campeão brasileiro em 2015 a deixar o Corinthians em 2016. Ao contrário de Edu Dracena, Gil, Ralf, Jadson, Renato Augusto e Vagner Love, no entanto, o atacante paraguaio decidiu continuar no clube do Parque São Jorge para mostrar o seu valor.

“Não passou pela minha cabeça sair. Ainda não demonstrei o meu futebol e tenho muita vontade de me consolidar como titular. Tive uma proposta boa da Rússia, mas falei com a minha família e decidi ficar no Corinthians porque posso fazer muito mais do que já fiz”, avisou o irmão gêmeo de Óscar Romero, meia do San Lorenzo.

A2885F96067 1024x683 Romero lembra que recusou proposta da Rússia para vingar no Corinthians
Paraguaio marcou dois gols sobre o Shakhtar Donetsk e está em alta com Tite (foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians)

Romero era um desejo do Rubin Kazan, da Rússia, e não tinha muitos motivos para se prender ao Corinthians. Alvo de chacotas pelo desempenho bem abaixo do esperado, ele era visto como a última opção do técnico Tite no elenco do ano passado. Até se destacar com uma atuação de gala na histórica goleada por 6 a 1 sobre o São Paulo.

“Foi um jogo que me ajudou bastante. Aquele clássico me deu mais vontade de seguir treinando e trabalhando. Por mais que as coisas não estivessem acontecendo, sempre procurei fazer o meu melhor”, disse Romero, elogiado pelo empenho e por suportar as críticas e o ostracismo calado.

A paciência de Romero começou a dar resultado. Com tantas baixas no Corinthians, o paraguaio começou a temporada como titular e foi bem no primeiro jogo, a derrota por 1 a 0 para o Atlético-MG. Diante do ucraniano Shakhtar Donetsk, destacou-se ainda mais, com dois gols marcados na vitória por 3 a 2.

A atuação de Romero na noite de quarta-feira rendeu elogios rasgados de Tite, que o paraguaio elege como “um dos melhores treinadores do mundo”. “Fico orgulhoso por ele falar que estou crescendo. Sempre acreditei em mim. Vou continuar trabalhando forte para ajudar”, discursou.


Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também