Thiago Mendes elogia Elias, quer títulos e projeta vaga na Seleção em 2016

00838891 Thiago Mendes elogia Elias, quer títulos e projeta vaga na Seleção em 2016
Thiago Mendes assumiu o posto de principal jogador da equipe após a boa temporada feita pelo Tricolor em 2015 (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

O volante Thiago Mendes não mudou a fala mansa e o jeito desconfiado de responder as perguntas desde a sua apresentação no São Paulo, no começo de 2015. Um ano depois, no entanto, ele passou de uma aposta para o posto de principal jogador do time, confirmado com as boas apresentações no Brasileiro e nos duelos de pré-temporada. Agora, ele coloca como objetivo conquistar títulos importantes e chegar à Seleção Brasileira.

“Terminei o ano bem, mas não conquistei títulos. Dessa vez, quero terminar bem e com títulos de expressão”, disse o meio-campista, que vê nas taças o único caminho possível para ser lembrado por Dunga. “Tenho que fazer por onde, trabalhar bastante para chegar na seleção. O que eu fiz em 2015 também ficou no passado, estou começando do zero. Tem que ganhar títulos para ser escolhido”, avaliou.

Com moral dentro do elenco e considerado por todos os técnicos recentes como um dos nomes de futuro mais promissor no grupo, Thiago já tem na cabeça quem são os jogadores em que deve se espelhar para chegar a vestir a camisa canarinho. “Tem o Elias, do Corinthians, o Ramires, que gosto bastante de ver jogar. Vamos conquistando um espacinho lá em cima para chegar no nível desses caras. Ainda não estou”, comentou.

Para completar seus objetivos, o meio-campista tem na cabeça uma ideia clara: classificar o Tricolor na pré-Libertadores e realizar uma boa campanha rumo a um possível tetracampeonato da competição. Por isso, admite que será difícil pensar no duelo contra o Red Bull Brasil, no sábado, às 19h30 (de Brasília), no Moisés Lucarelli, quatro dias antes de encarar a Universidad César Vallejo pelo mata-mata.

“Sabemos da dificuldade que vamos enfrentar, tem o primeiro jogo do Paulista, mas também já focamos na Libertadores. Para nós só interessa o resultado positivo. Temos de classificar. Sabemos que é uma dificuldade jogar lá, mas vamos em busca da vitória”, analisou. Para ele, depois de não conseguir vencer ao lado de Rogério Ceni, Alexandre Pato e Luis Fabiano, é hora de buscar outras alternativas.

“Ano passado a gente tinha um elenco muito bom e não ganhamos títulos, infelizmente. Agora o clube está reformulando tudo, trazendo ótimos jogadores para agregar. Esperamos nesse ano brigar por títulos e vencer também. Acho que o São Paulo só tem a ganhar”, encerrou.

 


Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também