Tite se apega a Cássio e Elias como líderes e prevê oscilações no ano

Tite se apegou a dois jogadores que quase deixaram o Corinthians para amenizar a carência de líderes no seu elenco. Para o treinador, o goleiro Cássio e o meio-campista Elias ajudarão o time a superar as saídas dos antigos titulares Gil, Ralf, Jadson, Renato Augusto e Vagner Love.

“Antes de começar o jogo passado (vitória por 3 a 2 sobre o Shakhtar Donetsk), o Cássio pediu a palavra na oração e falou para repetirmos padrão de atuação, jogando com as características da equipe. O Elias também tem uma capacidade de liderança muito forte. Ainda foi aberta a oportunidade para outros assumirem um papel de maior responsabilidade”, comentou Tite.

A2887F96157 1024x683 Tite se apega a Cássio e Elias como líderes e prevê oscilações no ano
Técnico conta com o surgimento de novas referências após o elenco sofrer desmanche (foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians)

O gaúcho ficou perto de perder também Cássio, que acenou com um acerto com o Besiktas, da Turquia, e Elias, sorridente quando falava sobre uma sondagem do Hebei China Fortune. Mesmo com ambos ainda no plantel corintiano, ele sabe que terá dificuldades no processo de remontagem do Corinthians.

“Não é ser pessimista nem otimista. Preciso ser realista no diagnóstico. Existe uma reformatação, e a equipe vai oscilar, infelizmente. Não gostaria de falar isso, mas mexemos nos três setores”, lamentou Tite.

Um dos remanescentes do clube do Parque São Jorge que servem como referência para os torcedores, o técnico tem feito questão de não se colocar como “mágico” ou “milagreiro”, nas suas palavras. É a maneira dele de clamar por reforços. “Tite só dá jeito se tiver atleta. Não me hiperdimensionem. A premissa é repor as peças que saíram”, sorriu.

Por enquanto, o Corinthians contratou o goleiro Douglas, que dificilmente jogará, os meias Alan Mineiro, fora de forma e opção no banco de reservas, Marlone e Guilherme, reforço de maior impacto até então, e os veteranos zagueiro Vilson e volante Willians. O clube ainda procura um defensor, outro armador e um centroavante.

“A vinda de atletas de qualidade, e não em quantidade, é necessária. Quanto mais rápido for esse processo, mais tempo de treinamento teremos para ajustar. O meu grande desafio profissional é dar estabilidade a uma equipe que mexeu em três setores. Isso é muito difícil, mas vamos em frente”, concluiu Tite.


Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também