Cássio se irrita, nega falha, e vê pior atuação na Vila desde que chegou ao Timão

cassio capa140116 Cássio se irrita, nega falha, e vê pior atuação na Vila desde que chegou ao Timão
Cássio se irritou com pergunta sobre possível falha na derrota contra o Santos (foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

O Corinthians perdeu sua primeira partida em 2016. Neste domingo, a equipe foi derrotada por 2 a 0 pelo Santos, na Vila Belmiro, sofrendo o primeiro revés no Campeonato Paulista desde março de 2014.

Nesta segunda-feira, o goleiro Cássio, em entrevista coletiva no CT Joaquim Grava, admitiu que o futebol apresentado pelo time na Vila Belmiro foi o pior desde que chegou ao Timão, em 2012. O arqueiro, porém, afirmou que não falhou no gol que abriu o caminho para a vitória do Peixe.

“O primeiro tempo foi bem abaixo, se for comparar com qualquer jogo contra o Santos. Esse foi bem abaixo do que esperávamos. Foi uma das piores atuações de primeiro tempo desde que estou aqui no Corinthians”, disse o goleiro.

No entanto, o arqueiro pediu calma com as críticas e preferiu focar na próxima partida do Timão, que encara o Cerro Porteño nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), pela Copa Libertadores.

“É nessa hora que a gente cresce. Não fizemos uma grande partida, ficamos um pouco abaixo do ritmo do Santos. Não podemos fazer uma tempestade porque perdemos uma partida. É ruim, claro, mas tem de virar a página, olhar o que temos de melhorar. Nosso time tem de ficar mais atento e competitivo desde o início da partida”, afirmou Cássio.

Sobre o lance que originou a vitória do Santos, Cássio se mostrou irritado, mas não admitiu ter falhado. Na jogada, após boa inversão de Lucas Lima, Serginho chutou cruzado e no contrapé do goleiro, que deu rebote para Ricardo Oliveira inaugurar o placar.

“Não falhei. Se pegar um goleiro decente, não um que fale merda, vai ver que foi no contrapé, não consegui direcionar a bola, só defender. A bola sobrou no pé do centroavante e foi gol. Não tenho vergonha alguma de falar quando erro. Cada um interpreta de uma maneira”, finalizou.

Nesta terça-feira pela manhã, a delegação corintiana embarca para o Paraguai, onde treinará durante a tarde para encarar o Cerro Porteño, na quarta-feira. Contra os paraguaios, a equipe deve ter: Cássio; Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Bruno Henrique, Giovanni Augusto, Rodriguinho, Guilherme e Lucca; André.

O Timão lidera o Grupo 8 da competição, com seis pontos ganhos, enquanto a equipe paraguaia é a vice-líder com quatro.

* Especial para a Gazeta Esportiva


Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também