Corinthians conta com ‘dicas’ de Balbuena e Romero para bater o Cerro

A2942F97950 Corinthians conta com ‘dicas’ de Balbuena e Romero para bater o Cerro
Tite terá o reforço de Balbuena e Romero para armar o Corinthians contra o Cerro Porteño (Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians)

Nesta quarta-feira, o Corinthians encara o Cerro Porteño pela Copa Libertadores da América e, prevendo dificuldades, o Timão já sabe que terá dois aliados importantes para que Tite arme sua equipe contra os paraguaios. Os conterrâneos Balbuena e Romero pretendem ajudar a comissão técnica alvinegra, especialmente o segundo, que atuava na equipe de Assunção antes de chegar no Corinthians.

“Como todo time paraguaio, o Cerro tem característica de fazer marcação equilibrada, forte. É um bom time, jogadores de boa qualidade. Eu e Romero falamos sobre pequenos detalhes que temos de ter atenção. Vamos pensar em fazer o nosso trabalho para impor nosso ritmo de jogo”, disse o zagueiro Balbuena.

O beque atuou no futebol paraguaio durante seis anos, passando por Cerro Porteño de Presidente Franco, Rubio Ñu, Nacional e Libertad. Já Romero ficou quase quatro anos no Cerro Porteño, onde se destacou com 47 gols em 85 jogos antes de chegar ao Corinthians.

A dupla, no entanto, parece não ser as únicas pessoas no Timão a conhecer bem a equipe paraguaia. O auxiliar técnico de Tite, Cléber Xavier, mostrou conhecimento sobre o futebol apresentado pelo Cerro.

“O Cerro é um time que mescla a experiência com outros que estão começando agora. É um time bem organizado, uma defesa organizada. Um time que tem nos dois pivôs por dentro (no ataque) o seu diferencial”, disse o auxiliar.

A crise, porém, parece ser o grande inimigo do adversário. Ainda que tenha uma boa pontuação na Libertadores, o Cerro Porteño vem de três derrotas no Campeonato Paraguaio. O técnico César Farías tem um aproveitamento inferior a 50% no clube e está com seu emprego em risco.

O Corinthians encara o Cerro Porteño nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), pela quarta rodada da Copa Libertadores. No Defensores del Chaco, o Timão tentará deixar o passado para trás já que, na última vez que esteve no estádio, o Timão perdeu por 2 a 0 para o Guarani, nas oitavas de final de 2015, e acabou eliminado em São Paulo após nova derrota, desta vez pelo placar mínimo.


Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também