Em “campeonato à parte”, Tite julga ter levado opções para Libertadores

A2940F97874 1024x683 Em “campeonato à parte”, Tite julga ter levado opções para Libertadores
Arana, que deveria ser titular para muitos torcedores, foi elogiado (foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians)

Tite chama sempre os clássicos de campeonatos à parte, algo que ele fez novamente após a derrota por 2 a 0 do Corinthians para o Santos. O treinador, no entanto, escalou mais de meio time reserva na Vila Belmiro, priorizando a Copa Libertadores, e julga ter ganhado opções para competição sul-americana.

“Fica a chateação da derrota, o amargo de perder um clássico, que é um campeonato à parte. Ficam os méritos do Santos. E fica a consciência de que vou ter confiança para, a qualquer momento, usar Edílson, Balbuena, que entrou bem, Arana, que tem consistência e está amadurecendo cada vez mais…”, afirmou o gaúcho.

O técnico citou ainda Willians e Alan Mineiro, outros reservas que foram utilizados no litoral e lhe agradaram, minimizando a frustração da derrota. “É um clássico à parte. Clássicos são campeonatos à parte. Mas tenho que ter o discernimento para fazer a análise.”

Como não escalou a formação principal e deixou quatro titulares fora até do banco, descansando em São Paulo, Tite relativizou a influência da derrota naquela que é a sua prioridade. Na próxima quarta-feira, o Corinthians visitará o Cerro Porteño, em Assunção, pela Libertadores.

“Tudo influencia. Toda a campanha influencia, inclusive esse jogo. Se eu disser que não influencia, é ostentação. Se eu disser que o jogo de hoje influencia demais, é criar fantasma. Todo o conjunto do nosso trabalho influencia”, concluiu Tite, ostentando a melhor campanha do Paulista e o aproveitamento 100% na competição sul-americana.


Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também