Fagner vê Corinthians jogando bem e evita comparações com time do hexa

00848430 1024x682 Fagner vê Corinthians jogando bem e evita comparações com time do hexa
Fagner crê que o Timão alcançará um bom nível técnico com o decorrer da temporada (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

O lateral direito Fagner não está preocupado com os questionamentos levantados após as atuações de pouco brilho do Corinthians nessa temporada. Escolhido para conceder entrevista coletiva nessa quinta-feira, o jogador disse que as críticas ao grupo alvinegro são relativas e só se baseiam nas lembranças que o torcedor ainda nutre pelo time hexacampeão brasileiro. Ao fugir de comparações com o elenco do qual fez parte em 2015, Fagner reiterou os pedidos para que a torcida seja paciente até os atletas atingirem o entrosamento ideal.

“Depende muito do que é jogar bem. Muitos fazem comparações com o time do ano passado, que era uma equipe que rodava mais a bola por conta das características dos jogadores que aqui estavam. Mas creio que fizemos um bom jogo contra o Santa Fe e nos comportamos muito bem, sem dar chances ao adversário. Para uma equipe que passa por uma reformulação isso é muito importante. Aos poucos as coisas acontecem”, afirmou Fagner, citando a vitória por 1 a 0 diante do rival colombiano, na última quarta-feira, pela Copa Libertadores.

Entre as indagações feitas ao Corinthians estão a persistência de placares magros e as vitórias construídas com gols no final das partidas. Para Fagner, os jogadores não têm do que reclamar enquanto os resultados obtidos pela equipe forem positivos. “Nós mostramos maturidade e concentração em todos os jogos que ganhamos com um gol no final. É assim que a equipe amadurece. Ela vai se conhecendo melhor jogo após jogo. Para se criar é muito mais difícil, construir jogadas de gol é muito mais complicado. O momento exige calma e paciência, porque o volume nos jogos tem sido bom”, disse.

Fagner, que participou da conquista do hexa, também pediu o fim das comparações com a equipe do ano passado. “É difícil de fazer essas comparações, porque no ano passado havíamos perdido jogadores de qualidade e muitos questionavam o que aconteceria com aquela equipe. E a resposta foi muito positiva. Esse ano nós perdemos mais jogadores, mas os que chegaram já deram uma resposta. Precisamos melhorar muito como equipe e conjunto, mas isso só ocorrerá no dia a dia”, declarou.

Eleito um dos melhores em campo na vitória sobre o Santa Fe, Fagner deverá ser poupado pelo técnico Tite do clássico contra o Santos, neste domingo, pelo Paulistão. A expectativa é de que um time alternativo dispute a partida para os titulares atuarem diante do Cerro Porteño, em Assunção, pela terceira rodada da Copa Libertadores. A confirmação da equipe reserva virá nas atividades marcadas para essa sexta-feira.


Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também