Filho de Tite vira dublê de atacante paraguaio em ensaio do Corinthians

00851651 1024x682 Filho de Tite vira dublê de atacante paraguaio em ensaio do Corinthians
Matheus Bacchi usou colete laranja e sua boa estatura (foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Guillermo Beltrán fez o que quis com Felipe e foi uma das razões pelas quais o Cerro Porteño venceu o Corinthians por 3 a 2, na última quarta-feira, em Assunção. Para evitar a repetição do filme em Itaquera, nesta quarta, Tite resolveu se precaver e usou o filho.

Membro da comissão técnica alvinegra, Matheus Bacchi fez as vezes do centroavante paraguaio. Enquanto seu pai organizava o posicionamento defensivo e ordenava que o preparador de goleiros Mauri Costa Lima cruzasse a bola, ele se posicionava entre os zagueiros e procurava os atrapalhar.

Foi em uma jogada assim que Beltrán marcou o primeiro gol do Cerro na semana passada. Leal girou facilmente sobre Uendel e cruzou da direita. O centroavante ganhou também facilmente pelo alto e marcou de cabeça. Mais tarde, ele levou vantagem no corpo e voltou a balançar a rede.

Depois de acertar o posicionamento nesses lances, Tite procurou orientar a movimentação com a bola, especialmente na saída. Ele cobrou que os jogadores se aproximassem para vencer a eventual pressão exercida pelos paraguaios na zona leste de São Paulo.

Na parte final da atividade, o gaúcho deu bastante atenção às bolas paradas. Primeiro, ajustou a parte ofensiva, com Giovanni Augusto e Uendel se revezando nas batidas, com algumas jogadas ensaiadas. Quando foi a hora de acertar a parte defensiva, o alto Matheus Bacchi voltou a aparecer na área como dublê de Beltrán.


Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também