Jovem “maduro” e lateral “de seleção” enchem olhos de Tite

00852126 1024x682 Jovem “maduro” e lateral “de seleção” enchem olhos de Tite
Barba de Maycon é mais rala do que o seu futebol (foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Entre as chaves apontadas por Tite para a vitória por 2 a 0 do Corinthians sobre o Cerro Porteño, na noite de quarta-feira, em Itaquera, estão o lateral direito Fagner e o volante Maycon. Um tem impressionado o chefe pela consistência. O outro, pela desenvoltura imberbe.

“Que bom ver um garoto de 18 anos jogando o futebol de um atleta de 27. Ele tem maturidade, naturalidade. Jogar no meio-campo é muito difícil, gente. Tem que preencher espaços, fazer movimentos essenciais. Ele tem uma percepção grande de posicionamento e trouxe confiança do outro jogo”, afirmou o técnico.

A partida anterior mencionada pelo gaúcho foi a vitória por 3 a 0 sobre o Botafogo, pelo Campeonato Paulista, no último domingo. Maycon teve uma atuação convincente, marcou o gol que fechou o placar e selou sua escalação contra o Cerro na vaga do suspenso Rodriguinho.

Já Fagner vem impressionando o chefe há mais tempo. O lateral direito de 26 anos foi peça importante na estratégia contra o Cerro, jogando mais avançado do que faz normalmente. Espetado do lado direito, com Lucca do outro, ajudou a abrir a marcação. Cumpriu bem o seu papel também na parte defensiva e não surpreendeu Tite.

“Eu falei com o Edu (Gaspar, gerente de futebol) já no ano passado. É só a minha opinião: o Fagner é jogador de seleção. Já falava isso. Ele consegue ter as percepções de marcação. Aprendeu a fechar a linha de quatro marcadores e ter bola aérea mesmo sem altura privilegiada”, elogiou.


Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também