Maycon diz ignorar responsabilidade de atuar na Libertadores

00851880 1024x681 Maycon diz ignorar responsabilidade de atuar na Libertadores
Maycon achou a Libertadores mais pegada, mas mostrou personalidade (foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Maycon voltou a justificar os recorrentes elogios do técnico Tite na noite desta quarta-feira. Com uma atuação segura, o volante de 18 anos supriu bem as baixas do lesionado Elias e do suspenso Rodriguinho na vitória por 2 a 0 sobre o paraguaio Cerro Porteño, em Itaquera, pela Copa Libertadores da América.

“Tentei fazer o meu papel, não me importando tanto que era Libertadores. Seria muita responsabilidade para mim”, sorriu Maycon, promovido a profissional após boa participação na última Copa São Paulo de Juniores.

Apesar de manter a tranquilidade no torneio continental, o novato notou as diferenças em relação ao Campeonato Paulista. “Libertadores é mais pegado, com intensidade, mas a gente competiu bem, na bola. O time foi muito bem nesse quesito”, avaliou.

Maycon se sobressaiu em mais alguns quesitos, de acordo com um dos seus maiores fãs, Tite. “Que bom ver um garoto de 18 anos com futebol de atleta de 27, com desenvoltura e naturalidade”, enalteceu o técnico, que gosta de comparar o seu pupilo com o já consagrado Elias.

As palavras carinhosas de Tite não impedem Maycon de precisar se apresentar para o público mais desatento. “Sou um jogador que tem um elemento surpresa muito bom. A gente trabalha isso. Vou bem ofensivamente. Defensivamente, estou melhorando aos poucos”, considerou.

Com a sua presença de ataque, o garoto chegou a acertar a trave diante do Cerro. “Tive uma boa chance, mas poderia ter concluído melhor. Ainda assim, o mais importante foi que deu tudo certo e saímos com a vitória”, finalizou Maycon.


Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também