Para esclarecer agressão, CPI convoca torcidas e presidentes dos clubes

diguinho Para esclarecer agressão, CPI convoca torcidas e presidentes dos clubes
Presente na primeira sessão da CPI, Diguinho (ao fundo) será tema da discussão por conta da agressão (Foto:Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Imbuído da tarefa de problematizar a ação das torcidas organizadas no futebol, o vereador Laércio Benko (PHS), que preside a CPI das Torcidas Organizadas na Câmara Municipal de São Paulo, conseguiu aprovar, na última quarta, um requerimento para ouvir membros das torcidas organizadas e os presidentes dos quatro grandes de São Paulo.

A reunião, que ainda não tem data definida para acontecer – e pode até roubar um lugar na agenda da CPI para entrar em pauta no próximo dia 16 – é pensada com o intuito de esclarecer a agressão a Rodrigo de Azevedo Lopes Fonseca, presidente da Gaviões da Fiel, vítima de uma emboscada na zona oeste há uma semana.

Diguinho, como era conhecido pelos membros da agremiação, teve os dois braços fraturados e hematomas na face. Já Cristiano Simões, que estava ao lado do presidente, teve os dentes quebrados e também precisou ser dirigido ao hospital.

Áudios e imagens pipocaram na rede relacionando o acontecido à rivalidade entre Gaviões da Fiel e Mancha Alviverde. No entanto, com base em outras imagens e gravações divulgadas na rede, criou-se a desconfiança de que membros da Torcida Independente, do São Paulo, estariam envolvidos na ação.

Apesar dos relatos existentes induzirem à possibilidade de uma ação premeditada entre alvinegros e tricolores, a motivação da agressão ainda é escusa, assim como seu autor. A Polícia Civil investiga o caso paralelamente, mas ainda não revelou nenhuma conclusão.

Em processo desde outubro, quando foi instaurada, a comissão que busca refletir sobre a violência nos estádios e sua relação com as torcidas organizadas deve receber, pela primeira vez, os presidentes dos clubes paulistas. Até agora, apenas membros de organizadas de São Paulo, Santos, Palmeiras e Corinthians tinham comparecido ao salão, além de especialistas em análises esportivas e comportamento.

*especial para Gazeta Esportiva


Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também