Para mudar imagem na base, Corinthians aposta em parcerias como modelo de sucesso

corinthians copa sp Para mudar imagem na base, Corinthians aposta em parcerias como modelo de sucesso
Base do Corinthians é a atual vice-campeã da Copa São Paulo de Futebol Júnior (Foto: Corinthians/Divulgação)

Maycon foi o responsável por fechar a vitória do Corinthians no último domingo, quando marcou o terceiro gol da equipe no triunfo diante do Botafogo-SP. Fruto das categorias de base do clube, ele é um dos jogadores que personificam o trabalho que o Timão vem realizando no departamento nos últimos cinco anos. O que poucos sabem é que antes de uma jovem promessa marcar um gol pela equipe titular de um grande time, há muitos fatores por trás que, aos poucos, vão ajudando a construir o atleta.

O Corinthians não é conhecido no cenário do futebol brasileiro como um dos principais clubes a formar grandes jogadores. Diferentemente do Santos, por exemplo, não há no Parque São Jorge a cultura de integrar na equipe profissional uma grande quantidade de jovens promessas, no entanto, segundo o gerente de futebol da base corintiana, Fabio Barrozo, nos últimos cinco anos as coisas mudaram e o clube vem dando mais oportunidades para os jovens de talento.

Das últimas gerações formadas a mais bem sucedida, considerada pelo próprio departamento do Corinthians, é a de 2012, que contou, entre outros jogadores, com Marquinhos, que hoje defende o Paris Saint-Germain. O zagueiro é um dos maiores exemplos do trabalho que vem sendo efetuado na base alvinegra que não tem como o único objetivo formar grandes atletas, mas também priorizar os títulos em disputa.

“Muitos adotam o discurso que os jogadores das categorias de base não têm obrigação de vencer os campeonatos que disputam, que o mais importante para o clube é formar o atleta. Aqui no Corinthians a gente prioriza a formação desse atleta, mas também acreditamos que é preciso ganhar, porque no Corinthians precisamos de jogadores com mentalidade vencedora. Aqui é preciso jogar bem e também vencer”, afirmou Fábio Barrozo em encontro organizado pela Abex (Associação Brasileira dos Executivos de Futebol).

Através de parcerias com clubes menores, como o Flamengo de Guarulhos, Tigres do Brasil e Bragantino, o Corinthians tenta dar oportunidades para os atletas que acabam não sendo promovidos do sub-17 para o sub-20. Um destes exemplos é o zagueiro Yago, novo titular da defesa do técnico Tite e que passou por empréstimos antes de voltar ao Corinthians. O defensor defendeu o Flamengo de Guarulhos na Série A3 do Paulista e o Bragantino para depois  integrar o elenco principal do clube pelo qual foi revelado, mostrando que as parcerias podem render bons resultados para o Timão.

Após ter de ceder o terreno onde ficava o centro de treinamento das categorias de base, em Itaquera, para ser construído o estádio do Corinthians, o clube finaliza agora a construção do novo local onde abrigará as jovens promessas alvinegras. A previsão é que em dezembro as obras, que acontecem logo ao lado do CT do profissional, sejam finalizadas. Por enquanto, os garotos corintianos utilizam o Parque São Jorge, antigo CT do profissional, como local de preparação para as competições.

*Especial para a Gazeta Esportiva


Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também