Por atuação sólida em momento de pressão, Tite vê jogo marcante

Tite fez de tudo para minimizar o clima de decisão antes do confronto entre Corinthians e Cerro Porteño, na noite de quarta-feira, em Itaquera. Terminada a vitória alvinegra por 2 a 0, o técnico admitiu que a pressão era alta pelo resultado e aprovou o comportamento de seus atletas.

“Era um jogo pressionante hoje. Se é uma equipe rodada, que está junta há sete ou oito meses, eu fico mais tranquilo. Mas existia essa expectativa em função dos poucos jogos que temos juntos. E foi extremamente marcante por isso. Soube administrar isso”, afirmou o treinador.

Com o triunfo, o Corinthians chegou aos nove pontos, dois à frente de Santa Fe e Cerro Porteño. Restam duas rodadas no Grupo 8 da Copa Libertadores. “A equipe soube administrar. Foi um nível de concentração alto. Tu pega o placar do jogo. O placar deveria ser esse ou mais. Traduz, no mínimo, o que foi a partida.”

00851882 1024x682 Por atuação sólida em momento de pressão, Tite vê jogo marcante
Tite está mais tranquilo agora em relação à classificação (foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

A chave ainda está relativamente embolada, mas o time alvinegro se vê em situação bem mais tranquila agora. Na pior das hipóteses, chegará ao último jogo, em casa, com a necessidade de derrotar o Cobresal, que ainda não fez o suficiente para conquistar um pontinho.

Mais do que alívio matemático, a vitória sobre o Cerro deixou Tite satisfeito em relação à produção de sua equipe. Procurando abrir jogadores nas beiradas para dificultar a marcação, como explicou o gaúcho, o Corinthians teve as rédeas da partida o tempo todo.

“A gente fez dois tempos parecidos. Não foi nada de extraordinário, mas foi um jogo de grande envergadura, contra o time que era o líder do grupo. Construiu de forma sólida. Teve um lance no qual o Cássio precisou trabalhar, mas foi no fim. Teve controle e oportunidades criadas”, concluiu o treinador.


Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também