Tite nega Corinthians pragmático após novo 1 a 0 e celebra pontuação

00848329 1024x683 Tite nega Corinthians pragmático após novo 1 a 0 e celebra pontuação
Tite vibrou com seis pontos em “um grupo muito difícil” (foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Resultado mais recorrente no início de temporada do Corinthians, o placar mínimo apareceu novamente contra o Santa Fe. A equipe alvinegra triunfou por 1 a 0, no estádio de Itaquera, repetindo o marcador da vitória sobre o Cobresal, no Chile. Os resultados foram suficientes para a liderança isolada do Grupo 8 da Copa Libertadores.

“Pragmático não é o termo. Não é o que vi. Não é o que considero. Foi um jogo muito difícil, contra a equipe campeã sul-americana (da Copa Sul-Americana). Eles têm uma naturalidade muito grande para jogar, um grau de competitividade muito alto. E é um time leal”, afirmou o técnico Tite.

De acordo com ele, os erros do Corinthians aconteceram já perto da área do adversário. Ele não condenou as falhas cometidas por ali, apontando que a equipe ainda está em formação depois de ser desfeita na virada do ano. E pediu aos comandados que continuem arriscando.

“No último terço do campo, sim, dá para esperar dois, três tempos e fazer a melhor escolha. Dá para fazer uma finalização mais precisa, ter um domínio mais preciso. Mesmo faltando isso, o time não deu chance ao adversário. No primeiro tempo, acho que não finalizou”, disse, esquecendo-se de ótima defesa de Cássio.

“É impossível ter coordenação de movimentos e jogar de forma natural. Estão juntos há dois, três jogos. Seria da lua se acertasse. Quero uma coisa: que continuem tentando. Esse errar eu quero fomentar. Errem no último terço! Ali, vai ter a definição”, acrescentou.

Essa recomendação já tinha sido feita no intervalo, com o placar ainda zerado. Ele gostou muito de ver a construção do gol da vitória, uma ultrapassagem de Rodriguinho pela direita. O meio-campista recebeu um bom passe de Fagner e levantou para o cabeceio de Guilherme.

“Falei que eles só iriam vencer com triangulações e infiltrações. Aconteceu. Nessa bola, o Rodriguinho poderia finalizar. Ameaçou, dominou, levou um pouco e cavou. O Guilherme, do outro lado, fez a finalização”, vibrou Tite, satisfeito também com a pontuação.

O Corinthians tem seis pontos e lidera sua chave, à frente de Cerro Porteño (4), Santa Fe (1) e Cobresal (0). “É um grupo muito difícil. O time do Santa Fe é muito difícil, consistente, maduro. É muito difícil também jogar lá no deserto. Ficaram três concorrentes à vaga muito fortes. E vamos construindo”, concluiu o gaúcho.


Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também