Ovacionado, Denis agradece torcida, mas vê resultado injusto no Morumbi

Denis 1024x682 Ovacionado, Denis agradece torcida, mas vê resultado injusto no Morumbi
Denis fez duas grandes defesas nos minutos finais do empate contra a Chapecoense (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

O São Paulo sofreu diante da Chapecoense frente a pouco menos de 55 mil torcedores no Morumbi. Depois de um péssimo primeiro tempo, em que levou dois gols antes mesmo dos 15 minutos, o Tricolor reagiu a arrancou o empate por 2 a 2 com dois gols do peruano Cueva. Mesmo assim, o goleiro Denis foi decisivo para os mandantes. Pela terceira partida seguida, o camisa 1 se destacou com grandes defesas e, neste domingo, elas vieram já nos acréscimos. Após o apito final, a torcida, que tanto o criticou na temporada, reconheceu a boa fase e gritou o nome de Denis, que agradeceu os gestos e, em seguida, por meio dos microfones.

“É importante essa confiança que estou passando para a torcida do São Paulo. Consegui fazer duas grandes defesas e fico muito feliz com a minha evolução”, disse, orgulhoso, antes de começar a falar da partida em si. “Infelizmente não conseguimos o resultado que queríamos, que era uma vitória, mas a equipe se superou no segundo tempo, fez um grande jogo e conseguiu o empate”, ressaltou.

Apesar de suas defesas, Denis entende que o São Paulo merecia os três pontos nesta 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, principalmente pelo o que a equipe produziu na segunda etapa, quando chegou aos dois gols com o peruano Cueva.

“Acho que o São Paulo merecia ter vencido, porque eles (Chapecoense) só criaram as duas chances no primeiro tempo, diferente da nossa equipe, que foi bem melhor durante a partida. Mas este resultado já foi, agora é trabalhar e focar no desafio de quinta-feira”, encerrou, já de olho no confronto com o Atlético-MG, novamente no Morumbi.


Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também