Rosberg lamenta erros em casa e atribui quarto lugar a punição

rosbergafp 1024x683 Rosberg lamenta erros em casa e atribui quarto lugar a punição
Rosberg saiu da pole e acabou em quarto em Hockenheim (Foto: Uli Deck/AFP/Pool)

Nico Rosberg saiu decepcionado do Grande Prêmio da Alemanha de Fórmula 1. Largando da pole position, teve uma corrida frustrante, levou uma punição após manobra agressiva de ultrapassagem sobre Max Verstappen, e foi apenas o quarto colocado. Para piorar, Lewis Hamilton, seu rival na briga pelo título, venceu a prova e abriu vantagem na liderança do campeonato.

Rosberg perdeu a liderança da corrida já na largada. Com um início de corrida ruim, caiu para o quarto posto, ultrapassado por Hamilton, Daniel Ricciardo e Max Verstappen. O alemão adotou estratégia de parada nos boxes diferente de seu companheiro de Mercedes, mas não conseguiu se recuperar.

“Hoje foi bem difícil, com certeza É um daqueles dias que em tudo se junto para dar errado”, lamentou o alemão.

Rosberg teve que pagar uma punição de cinco segundos por forçar Max Verstappen para fora da pista em Hockenheim em tentativa agressiva de ultrapassagem. A equipe Mercedes ainda cometeu um erro na cronometragem e deixou o alemão parado mais tempo do que o necessário para cumprir a penalização.

“Sem a punição eu estaria à frente dos carros da Red Bull. Com ela, não pude desafiá-los, foi por causa da penalização. Fiquei muito surpreso, não esperava a punição. Achei que o duelo com Max tinha sido limpo”, explicou.

O resultado do GP da Alemanha deixou Lewis Hamilton com 19 pontos na liderança do Mundial de Fórmula 1 antes do recesso de verão. O britânico soma 217, contra 198 do alemão. O campeonato será retomado apenas em 28 de agosto, com o GP da Bélgica em Spa-Francorchamps.


Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também