Torcedores do Inter ameaçam invadir vestiário após nono jogo sem vitória

torcida Torcedores do Inter ameaçam invadir vestiário após nono jogo sem vitória
Colorados apoiaram o Inter durante o jogo, mas se revoltaram ao final (foto: Ricardo Duarte/Internacional)

Torcedores do Internacional ficaram revoltados com o nono tropeço consecutivo da equipe no Campeonato Brasileiro, neste domingo. Após a derrota por 1 a 0 para o Corinthians, muitos deles ameaçaram invadir o vestiário do Beira-Rio para cobrar os atletas.

A Brigada Militar tentou controlar a situação com bombas de efeito moral e fás de pimenta. Ainda assim, gradis de proteção foram derrubados e algumas vidraças acabaram estilhaçadas.

O principal alvo da indignação dos torcedores era o presidente Vitorio Piffero, de quem os colorados exigiram a saída do clube com coros e com uma grande faixa. Havia críticas também para diversos atletas, além de cantos para reclamar de forma generalizada do “time sem vergonha”.

Quando ainda estavam no gramado, os jogadores prometiam dedicação para reverter a crise. “Não tem nem explicação. Garra, não está faltando. Vamos continuar acreditando porque ninguém gosta dessa fase. Temos que acreditar até o final”, pregou o volante Fabinho. “Não conquistamos o resultado, mas temos que levantar a cabeça”, completou o cabisbaixo atacante argentino Ariel.


Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Também